Por que gostamos tanto do novo clipe da Taylor Swift?

Ocorreu nesse fim de semana o Video Music Awards (VMA), onde a cantora Taylor Swift estreou o clipe da sua nova música ”Look What You Make Me Do”. Na segunda-feira (28/08), o vídeo quebrou o recorde de ”Hello”, da cantora Adele, de maior visualização em 24h.

O clipe, muito bem produzido e cheio de significados ocultos, mostra Taylor encarando todas as polêmicas em que ela se envolveu nesses anos de carreira, bem como tudo que já falaram sobre ela na mídia. Eu, particularmente, apesar de não gostar mais do universo da música pop, me interessei pelo tema e, quando comecei a assistir, percebi de logo nos primeiros minutos que a cantora não estava para brincadeira.

Pelo tanto de visualizações, percebemos que a cantora conseguiu o que queria e está fazendo sucesso. Vemos o clipe dela e pensamos: ”Que mulher! Não se deixou abater por todas essas coisas contra ela, mas usou tudo em favor de si mesma e está dando a volta por cima. Pisa menos, Taylor Swift!”

Anos atrás, em cima de um monte, um judeu começou a ensinar aos seus discípulos princípios surpreendentes de um outro reino, no qual ele era O Rei. Entre seus ensinamentos, estavam ideias como a de ser pacificador (Mt 5:9), buscando sempre a reconciliação com aquele que lhe magoara (Mt 5: 21-25). Jesus diz ainda que além de perdoar os inimigos, devemos amá-los, tendo atitudes onde nos doamos em favor deles, se preciso for (Mt 5: 38-47).

Os ensinamentos de Jesus fizeram sucesso também, mas muitos não gostaram deles. Até hoje não gostamos, pois ele é completamente oposto ao que o sistema que vivemos nos ensina. Aliás, é exatamente esse o motivo de aplaudirmos a Taylor Swift. Veja, não estou dizendo que ela deveria ficar sofrendo num canto por causa de todas as acusações e tretas. Estou dizendo que, quando olho a expressão dela em várias cenas do clipe é como se estivesse dizendo ”oh, quem está no topo agora?! Falou mal de mim, agora vai ter que aguentar o meu sucesso…”, o que me lembra um pouco o sentido de músicas como Sabor de Mel, da Damares, tão criticada no meio cristão, justamente por falar de sucesso pessoal como vingança para com acusadores.

Com tudo isso, quero destacar que não condeno a Taylor, apenas a usei como exemplo para mostrar que há outro lado, o jeito de Jesus de resolver conflitos e esse caminho nem sempre é o mais fácil, nem menos doloroso, mas é o mais eficaz, pois gera amor e cura tanto naquele que machucou quanto no que foi ferido. Que possamos olhar para o que nós fizemos Jesus fazer  a fim de dar-nos nova vida. Posso segui-lo livremente dizendo ao mundo que ”me desculpe, mas a velha eu não pode atender agora… por que? Ohh… porque ela está morta!”

 

 

Anúncios

Um comentário em “Por que gostamos tanto do novo clipe da Taylor Swift?

Adicione o seu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Site no WordPress.com.

Acima ↑

KOINONIA - Mesa e Comunhão

Espiritualidade cristã, vida saudável e sustentabilidade.

viver na plenitude

pondo em palavras o que vejo na rota diante de mim

SOBRE TUDO QUE PENSO

Erro / Penso / Amo, Logo existo.

forasteiro

mais um redimido tentando viver a maior aventura: o amor.

Ella só pensa no Alto

Ja faz um tempo que eu me apego naquele livro que anuncia minha liberdade.

Sobrado 518

Sobre arte, cultura e fé cristã.

Peregrino

BEM VINDO AO MEU BLOG!

MINHA VIDA ESTRANGEIRA

VIAGENS . MUSICA . COMPORTAMENTO

RE(VENDO) AMOR

COM POUCO USO, QUASE NA CAIXA.

Buscando Deus na Cultura

"PORQUE DELE, POR ELE, E PARA ELE SÃO TODAS AS COISAS. A ELE, POIS, A GLÓRIA ETERNAMENTE. AMÉM!" (Romanos 11:36)

No final das contas...

Blog pessoal sobre os aprendizados e conclusões da vida

Ritmos da Graça

"Venha comigo e você vai recuperar a sua vida. Eu vou te mostrar como descansar realmente. Ande comigo e trabalhe comigo - observe como eu faço. Aprenda os suaves ritmos da Graça." (Mt 11:28-30 MSG)

Rascunhos Íntimos

Isso não é um diário.

%d blogueiros gostam disto: